Objetivo: Identificar, com o auxílio do HOLTER, a presença de marcadores de risco cardiovascular em hipertensos resistentes

 

Período de realização: projeto em andamento com início em março de 2006 e término da coleta de dados em março de 2012.

 

Suporte: Cardios - Cardio Sistemas Ltda. (foram cedidos 3 aparelhos de Holter e posteriormente adquirimos mais 5)

 

Período de realização: projeto em andamento com início em março de 2006 e previsão de término em março de 2008.


Metodologia: Todos os hipertensos resistentes com diagnóstico de cardiopatia hipertensiva pelo Ecocardiograma bidimensional serão então submetidos ao Holter de 24 horas para análise dos marcadores de morte súbita (taquicardia ventricular não sustentada, baixa variabilidade RR e microalternância de onda T. Os pacientes identificados como de risco, serão encaminhados para estudo eletrofisiológico para estratificação de risco de taquicardia ventricular/fibrilação ventricular com definição da indicação de implante de desfibrilador.

 

Tese de mestrado em andamento: Dr. Frederico Mota Ribeiro

UFRJ ProHArt - Programa de Hipertensão Arterial
Desenvolvido por: TIC/UFRJ